Pesquisar Assuntos Neste Blog

16 de jul de 2014

Emergência e cruzada pela infância



Poucas décadas antes e depois da instalação da evangelização da infância na Federação Espírita Brasileira, ocorreram marcos significativos na Seara Espírita com esforços louváveis, voltados à educação da criança e inspirados na Doutrina Espírita.
Entre estes, destaca-se a atuação de Anália Franco, Eurípedes Barsanulfo, Vianna de Carvalho, Jerônimo Ribeiro, Leopoldo Machado, Clóvis Tavares e Ilka Mass, a primeira evangelizadora da FEB. Os espíritas conquistaram o respeito das comunidades em função do bem que concretizaram em múltiplas ações pelo território brasileiro.
Desde tenra idade recebemos informações sobre o notável trabalho efetivado em nossa cidade natal pela pioneira Benedita Fernandes (1883-1947). Sempre vencendo com esforço denodado as inúmeras dificuldades, a senhora, que cognominamos “dama da caridade”, direcionou seu foco para a dedicação ao próximo, com atendimento a crianças desamparadas e aos chamados doentes mentais.
A tarefa implantada por Benedita tornou-se um símbolo de dedicação ao próximo na Região Noroeste do Estado de São Paulo, desde a passagem dos anos 1920-1930, sensibilizando a muitos, inclusive a nossos ascendentes familiares.
No mundo espiritual houve esse reconhecimento em mensagem psicografada por Chico Xavier, no ano de 1963, intitulada Num domingo de calor, assinada pelo Espírito Hilário Silva e referente a Benedita Fernandes, sobre uma “reunião de damas consagradas à caridade”, na qual ela é chamada de “abnegada fundadora” e “mulher admirável”.1,2
A priorização dos objetivos de trabalho da abnegada benfeitora prosseguiu e transparece claramente em mensagens escritas mediunicamente por Divaldo Pereira Franco. Algumas destas, de autoria da própria Benedita Fernandes, foram psicografadas no lar de nossos genitores e no nosso próprio lar, durante os anos 1970, em Araçatuba. Posteriormente, foram incluídas em livros, dos quais destacamos trechos
de duas mensagens:1,3
Esse problema de emergência  o menor abandonado deve ser atendido por todas as pessoas criteriosas, visando-se a solucioná-lo com urgência.
Enquanto não empreenda uma campanha clarificada pelas luzes do Evangelho, com os altos objetivos de erradicar-se a indiferença da Sociedade em relação à orfandade infantil, aqui incluídos os que são de “pais vivos”, a bem pouco ficam reduzidas as expressões de ventura que a maioria pretende usufruir. [...] Todo investimento  e ninguém se pode eximir do dever de ajudar  aplicado no rumo do menor em abandono é de alta valorização, porquanto os seus juros demandam a eternidade.
Quando se atende a um órfão, assegura-se um lugar para um homem no futuro. Mas quando se permite que ele rasteje nos lôbregos sítios em que sobrevive, por culpa de todos, arma-se um bandido para a intranquilidade geral. Negativos os métodos policiais coercitivos, infelizes os ajuntamentos em reformatórios e as punições exorbitantes pela pancadaria desenfreada e o sadismo contumaz. Tais produzem esquizoides violentos, alienados em degeneração apressada, animais em fúria contida, aguardando ensejo…
O amor, porém, aliado aos recursos educativos por todos os meios hábeis, cuidará desses sêmens da humanidade e fará que se enfloresçam, na Terra, os jardins de paz com abençoados frutos de felicidade a que todos almejamos.1 (Destaque nosso.)
Os altos índices de atual delinquência infantojuvenil, cada dia mais afligentes, atestam o malogro da cultura, diante do problema-desafio, que se converte em látego, vigorosamente aplicado na criatura humana.
O menor carente, que assume um comportamento antissocial, é a pungente vítima dos desequilíbrios que sacodem as estruturas da comunidade terrestre.
[...] Todos têm direito, na comunidade humana, ao mínimo que seja, para viver com decência e liberdade. Negar tal concessão é conspirar contra a felicidade do próximo e a própria paz, agora ou depois.
Façamos a nossa parte, por menor que pareça, iniciando esta cruzada de amor, que vem sendo postergada e que, não realizada, levar-nos-á aos roteiros do sofrimento e da soledade, por incúria e insensatez.
Hoje brilha a luz da famosa oportunidade que se transformará em abençoado sol do amanhã, a fim de que as trevas do mal se afastem, em definitivo, da Terra, havendo claridade de paz, nas mentes e nos corações. 3 (Destaque nosso.)
Os dois textos da autora espiritual têm muito valor porque estão calcados na experiência de sua mais recente encarnação.
Cem anos após a implantação da evangelização da criança, na então Sede da FEB e no contexto da atualidade, parece-nos extremamente oportuna a reflexão do compromisso dos dirigentes espíritas com as novas gerações.
Num mundo conturbado por contrastes incríveis, surge a esperança de um mundo melhor. Porém, as ações do presente e quanto mais precoces, mais oportunas, são imperiosas para o processo de acolhimento, apoio e orientação das crianças. O Espírito imortal, ao reencarnar, tem na infância a grande oportunidade de receber o enlaçamento da educação como se apresenta na questão 383 de O livro dos espíritos.
A obra assistencial e educacional, voltada à infância, e o apoio familiar, à luz das premissas do Evangelho, clareadas pelo Espiritismo, oferecem um potencial de incrível impacto para se fazer a profilaxia de eventuais futuros problemas, constituindo-se, desde já, em valioso recurso para o apoio espiritual ao ambiente da família dos recém-reencarnados.
Os alertas de Benedita Fernandes, quando nos chama a atenção para “emergência” com a criança e propõe uma “cruzada de amor”, são oportunos e cabíveis para os dias de hoje.
Os milhares de centros espíritas do país podem prestar grande contribuição à sociedade brasileira e à preparação de uma Nova Era para a Civilização.
É chegado o momento de se ampliar as atenções para a infância, atendendo-se à diversidade das faixas sociais e das necessidades dos centros espíritas, os quais são as células básicas do Movimento Espírita:
[...] é uma escola onde podemos aprender a ensinar, plantar o bem e recolher-lhe as graças, aprimorar-nos e aperfeiçoar os outros, na senda eterna.4
REFERÊNCIAS:

1 PERRI DE CARVALHO, Antonio Cesar. Dama da caridade. 2. ed. São Paulo: Ed. Radhu, 1987. p. 94.
2 XAVIER, Francisco C. Pelo Espírito Hilário Silva. Num domingo de calor. In: Anuário espírita 1964. Araras: Ed. IDE, 1964. p. 49.
3 FRANCO, Divaldo P. Sementes de vida eterna. Por diversos Espíritos. Salvador: Leal, 1978. cap. 20 e 21, p. 85 a 92.
4 XAVIER, Francisco C. O centro espírita, pelo Espírito Emmanuel. Reformador, ano 69, n. 1, p. 5(9), jan. 1951.



- Antonio Cesar Perri de Carvalho -


0 comentários:

Postar um comentário

VOTE AQUI

Doutrina Espírita para Principiantes

Loading...
Loading...

Postagens Populares

Isto não é Espiritismo - Frases, Fotos e Luzes

Minha lista de blogs

POST POR ASSUNTOS

a (1) ABORTO (9) ADULTÉRIO (1) ALCOOLISMO (1) Allan Kardec (11) ALMA (2) ANENCEFALIA (5) ANIMAIS (4) ANIMISMO (5) ANJOS (2) ANOREXIA (1) ANSIEDADE (1) APARIÇÕES (4) Artigo (524) AS DORES DA ALMA (12) AS DORES DA ALMA;ORGULHO (1) ÁUDIO E VIDEO (2) BIOGRAFIA (12) BULLYING (2) CALUNIA (4) CÂNCER (1) CARÊNCIA (1) CARIDADE (14) CARNAVAL (4) CASAMENTO (6) CASOS (5) CATARINA DE SIENA (1) CENTRO ESPIRITA (3) CHACRA (1) CHICO XAVIER (243) CIRURGIAS ESPIRITUAIS (6) CIUMES (2) CLONAGEM (1) CONVIVER E MELHORAR (7) CREMAÇÃO (1) CRIANÇA INDIGOS (8) CRIANÇAS (8) CULPA (1) DEPRESSÃO (16) DIALOGO COM AS SOMBRAS (28) DIVALDO FRANCO (145) DIVORCIO (2) DOAÇÃO DE ORGÃOS (1) DOENÇAS (8) DORA INCONTRI (12) DOWNLOAD (5) DUENDES (1) EMMANUEL (67) ENTREVISTA (25) EQM (4) ESPIRITISMO (5) ESPIRITO (26) EUTANÁSIA (4) EVENTO (121) EXILADOS DE CAPELA (2) FAMILIA (26) FANATISMO (3) (2) FEIRA DO LIVRO ESPIRITA (11) FELICIDADE (5) FILHO ADOTIVO (6) FILHOS (22) FILME (36) FINADOS (4) FLUIDO (2) FOTOS (17) GUERRA (2) HOMOSSEXUALIDADE (20) HUMOR (4) INVEJA (2) Joana de Ângelis (100) JORGE HESSEN (24) JORGE HESSEN art (3) LIVRE ARBITRIO (4) LIVRO (57) LIVRO DOS ESPIRITOS (2) LUTO (2) MÃE (3) MÁGOA (5) MALEDICÊNCIA (2) MARILYN MONROE (1) MEDIUM (67) MEDIUNIDADE (83) MELANCOLIA (1) MELINDRE (4) MENSAGEM (375) MESA GIRANTE (2) MÔNICA DE CASTRO (8) MORTE (60) MOURA FÉ (63) MUSICA (6) NILZA AZEVEDO (10) NOTICIAS (236) OBSESSÂO (20) ORGULHO (3) PASCOA (2) PÁSCOA (3) PASSE (9) PEDOFILIA (2) PERDÃO (15) PERISPIRITO (6) PERSONAGEM DA BOA NOVA (6) PINTURA MEDIUNICA (4) POESIA (10) PRECONCEITO (22) PROVAS (13) PSICOGRAFIA (4) QUALIDADE NA PRATICA MEDIUNICA (10) RECOMEÇAR (2) REENCARNAÇÃO (37) REFLEXÃO (104) RELACIONAMENTO (35) RELIGIÃO (1) RENOVANDO ATITUDES (31) S (1) SEMESPI (17) SEXO (14) Síndrome de Down (1) Síndrome do Pânico (1) SOLIDÃO (2) SONAMBULISMO (4) SUICIDIO (11) TATUAGEM (1) TOLERANCIA (3) TÓXICOS (5) TRAGÉDIA (5) TRANSTORNO BIPOLAR (1) TRISTEZA (1) VAIDADE (2) VAMPIRISMO (5) VIAGEM ASTRAL / DESDOBRAMENTO (1) VIDEO (28) VINHA DE LUZ (3) VIOLENCIA (2) ZIBIA GASPARETTO (7)

Visitas Recentes