Pesquisar Assuntos Neste Blog

Assim se Contam os Dias





Tenho a grande alegria de compartilhar com vocês o lançamento do meu primeiro livro psicografado: Assim se Contam os Dias.
O livro conta a história do jovem Thiago, que sempre procurou viver uma vida normal, seguindo as regras ditadas pela sociedade. Nasceu no interior de Minas Gerais e desde criança tinha muito carinho por Miriele, com quem planejava viver uma bonita história de amor. Como muitos brasileiros, tentou a vida fora do país, permanecendo em Londres por algum tempo.
Longe de casa, o que Thiago tentara esconder de si mesmo, durante toda a sua vida, aflorou. Ele se deu conta de que negar a sua sexualidade era uma tortura sem-fim, que tirava de si a dignidade e envolvia as pessoas que amava, num mundo de faz de conta.
Medos, angústias, desilusões e fracassos são entremeados por certezas alegrias e conquistas, contando uma belíssima história de vida.
A obra, marcada pela sintonia com os conceitos doutrinários espíritas, possui uma narrativa envolvente, com vários pontos de suspense e emoção, que, independente da condição sexual do leitor, o faz torcer pela felicidade de cada personagem.

Conto com você para ajudar na divulgação do livro, que já está à venda pelo site a seguir,
ou na Livraria Candeia (www.candeia.com), MegaLivros (www.megalivros.com.br).

Site: 
www.assimsecontamosdias.com.br
Facebook: 
www.facebook.com/SidneiDiasBonfim
Twitter: 
www.twitter.com/SidneiDias 


Sidnei Dias Bonfim

Clique aqui para ler mais: http://www.forumespirita.net/

Leia mais

O Câncer visto numa perspectiva Espírita



Se você estiver lendo este texto,certamente lembrará de um ente querido ou de um amigo que esteja passando ou já passou,por essa doença que a todos abalam.
Lembro-me de um amigo querido,que perdi a alguns anos,estava no auge de sua juventude quando desencarnou, teve um câncer raríssimo. Fisicamente sempre fora um jovem saudável,alegre e trabalhador,mas,dizia sempre que guardava Mágoas e que não conseguia PERDOAR.....Nós espíritas sabemos que o ódio, o rancor a mágoa ,são tóxicos , venenos no oxigênio da saúde mental e física,consomem nossa energia vital,abrindo espaço para a instalação de doenças.
O Câncer visto numa perspectiva Espírita 
Recentemente, na Califórnia, nos Estados Unidos, Hannah Powell-Auslam, uma menina de 10 anos de idade, foi diagnosticada com câncer de mama, um caso considerado, extremamente, raro (carcinoma secretório invasivo). Os médicos fizeram uma mastectomia, mas o câncer se espalhou para um nódulo e Hannah terá que passar por outra cirurgia, ou por tratamento de radioterapia.
Outro caso instigante é o das duas gêmeas idênticas britânicas, diagnosticadas com leucemia, com apenas duas semanas de intervalo. O drama das meninas Megan e Gracie Garwood, de 4 anos, começou em agosto de 2009. "Receber a notícia de que você tem três filhos e dois deles têm câncer é inimaginável", afirmou a mãe das meninas. "Você fica pensando o que fez para merecer isso". Câncer é uma palavra derivada do grego “karkinos”, a figura mitológica de um caranguejo gigante, escolhida por Hipócrates, para representar úlceras de difícil cicatrização e que, ao longo do tempo, consagrou-se como sinônimo genérico das neoplasias malignas. Há mais de cem tipos diferentes de câncer, que variam, ao extremo, em suas causas, manifestações e prognósticos.
Diferentemente do câncer em adultos, em que se leva em conta aspectos do comportamento como fumo, alcoolismo, alimentação, sedentarismo e exposição ao sol, a medicina, ainda, não conseguiu estabelecer os verdadeiros fatores de risco do câncer pediátrico. Os casos de Hannah Powell-Auslam, Megan e Gracie Garwood bem que podem entrar nas estatísticas brasileiras do câncer infanto-juvenil, que atinge crianças e adolescentes de um a 19 anos. Segundo pesquisa divulgada pelo Inca (Instituto Nacional de Câncer) e pela Sobop (Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica), o câncer é a doença que mais mata os jovens, na faixa dos cinco aos 18 anos, no Brasil. Pesquisa indica o surgimento de, aproximadamente, 10 mil casos de câncer infanto-juvenil, a cada ano, no Brasil, a partir do biênio 2008/2009. O agravante é que o câncer, nos adolescentes, costuma ser mais agressivo do que nos adultos, e é mais difícil de ser diagnosticado, segundo Luiz Henrique Gebrin, Diretor do Departamento de Mastologia do Hospital Pérola Biynton, em São Paulo (SP).
Será o câncer, então, uma obra do acaso, uma “punição divina” ou um “carma” do espírito? Hoje, à luz da Ciência médica, pode-se afirmar que o fator predominante da carcinogênese é, sem dúvida, o comportamento humano: tabagismo, abuso de álcool, maus hábitos alimentares e de higiene, obesidade e sedentarismo, os quais são responsáveis por quatro, em cada cinco casos de câncer e por 70% do total de mortes. Os cânceres por herança genética pura, ou seja, que não dependem de fatores comportamentais e ambientais, são menos de 5% do total.
A experiência corrobora, pois, que o câncer é uma enfermidade, potencialmente, “cármica”. Estamos submetidos a um mecanismo de causa e efeito que nos premia com a saúde ou corrige com a doença, de acordo com nossas ações. A criança de hoje foi o adulto de antanho. “O corpo físico reflete o corpo espiritual que, por sua vez, reflete o corpo mental, detentor da forma”. (1) “Os que se envenenaram, conforme os tóxicos de que se valeram, renascem, trazendo as afecções valvulares, os achaques do aparelho digestivo, as doenças do sangue e as disfunções endocrínicas, tanto quanto outros males de etiologia obscura; os que incendiaram a própria carne amargam as agruras da ictiose ou do pênfigo; os que se asfixiaram, seja no leito das águas ou nas correntes de gás, exibem os processos mórbidos das vias respiratórias, como no caso do enfisema ou dos cistos pulmonares; os que se enforcaram carreiam consigo os dolorosos distúrbios do sistema nervoso, como sejam as neoplasias diversas e a paralisia cerebral infantil; os que estilhaçaram o crânio ou deitaram a própria cabeça sob rodas destruidoras, experimentam desarmonias da mesma espécie, notadamente as que se relacionam com o cretinismo, e os que se atiraram de grande altura reaparecem, portando os padecimentos da distrofia muscular progressiva ou da osteíte difusa.” (2)
“A cura para o câncer não deverá surgir nos próximos dez anos” (3) é o que afirma o articulista da Revista Time, Shannon Browlee. Talvez os cientistas nunca encontrem uma única resposta, um único medicamento capaz de restaurar a saúde de todos os pacientes com câncer, porque um tumor não é igual ao outro. Os espíritas sabem que não existem doenças e sim doentes. Em verdade, "todos os sintomas mentais depressivos influenciam as células em estado de mitose, estabelecendo fatores de desagregação.” (4) Apesar dos consideráveis avanços tecnológicos, em busca do diagnóstico precoce e do tratamento eficaz, a Medicina e a Ciência, em geral, estão, ainda, distantes de dominarem o comportamento descontrolado das células neoplásicas.
Obviamente, não precisamos insistir na busca de vidas passadas para justificar o câncer: As estatísticas demonstram grande incidência de câncer no pulmão, em pessoas que fumam na atual encarnação. Muitas formas de cânceres têm sua gênese no comportamento moral insano atual, nas atitudes mentais agressivas, nas postulações emocionais enfermiças. “O mau-humor é fator cancerígeno que ora ataca uma larga faixa da sociedade estúrdia.” (5) O ódio, o rancor, a mágoa, a ira são tóxicos fulminantes no oxigênio da saúde mental e física, consomem a energia vital e abrem espaços intercelulares para a distonia e a instalação de doenças. São “agentes poluidores e responsáveis por distúrbios emocionais de grande porte, são eles os geradores de perturbações dos aparelhos respiratório, digestivo, circulatório. Responsáveis por cânceres físicos, são as matrizes das desordens mentais e sociais que abalam a vida” (6)
Falando sobre doença cármica, “o câncer pode, até, eliminar as sombras do passado, mas não ilumina a estrada do porvir. Isso depende de nossas ações, da maneira como arrostamos problemas e doenças.
Quando a nossa reação diante da dor não oprime aqueles que nos rodeiam, estamos nos redimindo, habilitados a um futuro luminoso. "Quando nos rendemos ao desequilíbrio ou estabelecemos perturbações em prejuízo contra nós (...), plasmamos nos tecidos fisiopsicossomáticos determinados campos de ruptura na harmonia celular, criando predisposições mórbidas para essa ou aquela enfermidade e, conseqüentemente, toda a zona atingida torna-se passível de invasão microbiana.” (7) Outra situação complicada é o aborto que “oferece funestas intercorrências para as mulheres que a ele se submetem, impelindo-as à desencarnação prematura, seja pelo câncer ou por outras moléstias de formação obscura, quando não se anulam em aflitivo processo de obsessão.” (8)
O conhecimento espírita nos auxilia a transformar a carga mental da culpa, incrustada no perispírito, e nos possibilita maior serenidade ante os desafios da doença. Isso influenciará no sistema imunológico. Os reflexos dos sentimentos e pensamentos negativos que alimentamos se voltam sobre nós mesmos, depois de transformados em ondas mentais, tumultuando nossas funções orgânicas.
Para todos os males e quaisquer doenças, centremos nossos pensamentos em Jesus, pois nosso bálsamo restaurador da saúde é, e será sempre, o Cristo. Ajustemo-nos ao Evangelho Redentor, pois o Mestre dos mestres é o médico das nossas almas enfermas.

Fontes:
(1) Xavier, Francisco Cândido. Evolução em Dois Mundos , ditado pelo espírito André Luis 15ª edição, Rio de Janeiro: Ed. FEB, 1997.
(2) Xavier Francisco Cândido. Religião dos Espíritos, Rio de Janeiro: 11ª Edição Ed. FEB - (Mensagem psicografada por em reunião pública de 03/07/1959)
(3) Transcrita em um caderno especial na Folha de São Paulo de 4 de novembro de 1999
(4) Xavier, Francisco Cândido. Pensamento e Vida, ditado pelo espírito Emmanuel, Rio de Janeiro: Ed. FEB, 2000
(5) Franco, Divaldo. Receita de Paz, ditado pelo espírito Joanna de Angelis, Salvador: Ed. Leal, 1999
(6) FRANCO, Divaldo Pereira. O Ser Consciente, Bahia, Livraria Espírita Alvorada Editora, 1993
(7) Artigo "Uma Visão Integral do Homem", Grupo Espírita Socorrista Eurípides Barsanulfo, disponível no site http://www.geocities.com/Athens/9319/chacras.htm, acessado em 25/04/2006
(8) Xavier Francisco Cândido e Vieira Waldo. Leis de Amor, São Paulo: Edição FEESP, 1981
Autor:
Jorge Luiz Hessen (Brasília/DF)
é membro da Rede Amigo Espírita, servidor Publico Federal, residente em Brasília, palestrante,
escritor, articulista em diversos jornais e sites, com textos publicados na Revista Reformador da FEB, O Espírita de Brasília, O Imortal, Revista Internacional do Espiritismo, entre outros e além de conselheiro da revista eletrônica O Consolador. e-mail: jorge.loluhesse@gmail.com

Leia mais

Grupo Sintonia encanta a plateia no teatro com o show “Boa Semente”



É difícil destacar apenas um ou outro momento do show de lançamento do cd “Boa Semente”, do Grupo Sintonia no último domingo (25/08), quando toda a apresentação foi cativante, emocionando a plateia que lotou o Teatro 4 de Setembro, com belas mensagens e melodias.
Quem foi ao show pode conferir uma verdadeira sintonia entre os participantes e as atrações, que contou também com uma encenação teatral realizada pelas atrizes do Grupo Sintonia, com o lindo balé de Anne Julieth e com a bela apresentação em libras pelo Grupo “Mãos que consolam”.
Foi, sem dúvida, uma noite repleta de alegrias para o público, que acompanhou todas as músicas, cantando e encantando-se, do início ao fim.
Sintonia.boasemente..jpg
Sintonia.boasemente1.jpg
Sintonia.boasemente2.jpg
Sintonia.boasemente.3.jpg
Sintonia.boasemente4.jpg
Sintonia.boasemente5.jpg
Sintonia.boasemente6.jpg
Fotos: Raianna Risele
Publicado Por: Raul Ventura


Leia mais

CASO DE OBSESSÃO INFANTIL






L. D. M., menina de seis anos, compareceu com a mãe à Sociedade Espírita "Joanna de Ângelis". Esta informou que a filha era hiperativa, com um gênio muito difícil e que, inclusive, dizia não gostar da própria mãe. À noite, desde muito pequena, gritava, chorava,mas, de dia, não se lembrava de nada. Ultimamente, porém, L.D.M. passou a dizer que via junto à sua cama uma mulher muito feia, a lhe dar ordens, até mesmo falando que deveria infernizar a vida dos pais, em especial, a da mãe, pois que esta era muito má. A menina contou o fato ao pai e este à esposa.

De início procuraram uma psicóloga, porém, houve pouca melhora. Em meio a vários conselhos de parentes e amigos, resolveram procurar um centro espírita, porque em certos momentos a filha parecia uma pessoa adulta nas atitudes agressivas em relação à mãe e, em outros, era carinhosa e agia como uma criança de sua idade. Ali estavam as duas buscando ajuda. Após as orientações habituais e necessárias à situação, a mãe se comprometeu a seguir o tratamento espiritual para a menina, o que realmente aconteceu, havendo, logo depois, a aquiescência e comparecimento do pai.

Os nomes foram encaminhados para a reunião de desobsessão. O espírito se comunicou. Era uma mulher que dizia se vingar da mãe da criança, porque esta lhe tomara o amante, em existência anterior, e agora ainda estava com ele, como marido e pai da menina. Resolveu, então, que, para sua vingança, deveria castigar a mãe através da filha. Foi esclarecido ao espírito comunicante que a sua atuação malévola não lhe traria de volta o ex-amante, pois ele amava muito à filha e, se tomasse conhecimento do que ela estava fazendo, passaria a odiá-la. Que o melhor para ela própria seria o de atuar pelo amor, pela dedicação ao bem, que com este procedimento conquistaria o respeito e a admiração do homem a quem amava.

Também lhe foi mostrada a necessidade de procurar a sua felicidade pessoal, que à sua frente se abria um caminho novo, junto a entes queridos ao seu coração, aos quais não percebia, por ter a mente fixada na idéia da vingança e no empenho de reconquistar o amor de outrora. As argumentações tocaram as fibras mais sensíveis da mulher, que ali mesmo desistiu de seus propósitos, partindo para uma nova vida ao lado de espíritos que a amavam. A partir do tratamento espiritual, a menina teve uma notável transformação e o lar foi pacificado.

(Suely C. Shubert, Mediunidade e Obsessão em crianças)

Leia mais

Federação Espírita Piauiense realizará capacitação para trabalhos sociais





A Federação Espírita Piauiense, através do seu Departamento de Assistência e Promoção Social Espírita, realizará em sua sede, no dia 31 de agosto (sábado), às 14h30, uma capacitação destinada aos espíritas que atuam ou tem interesse em atuar nos trabalhos voluntários de assistência social.
O tema será "Convivência nos Ensinamentos do Cristo", baseado no livro "Conviver Para Amar e Servir" e no Manual de Apoio ao Serviço de Assistência e Promoção Social Espírita, disponível para download em http://www.febnet.org.br/

Leia mais

Alerta aos Médiuns




Companheiros!
        Estamos engajados na construção espiritual da Era Nova.
        Convençamo-nos, porém, de que o trabalho é muito mais amplo na intimidade de nós mesmos, do que no plano externo da ação a desenvolver.

§  Educar-nos para educar.
§  Ensinar, a fim de que aprendamos.
§  Auxiliar para sermos auxiliados.
§  Honrar a cultura da inteligência com o burilamento do coração. 

§  A obra é de todos. Cada qual de nós, entretanto, está situado em tarefa diferente.
§  Imperioso estudar, de modo a conhecer-nos, e conhecer-nos para identificar o que se nos faz necessário.
§  Ninguém dispõe da luz que não acendeu em si mesmo, no entanto, nenhum de nós está desvalido de recursos, a fim de se iluminar.
§  Aceitar-nos tais quais somos, de maneira a servirmos com a realidade que nos é própria e aceitar os outros na condição que os assinala.
§  Reconhecer que não nos encontramos num torneio de triunfos angélicos e sim numa concorrência benéfica, à procura de conquistas humanas.
§  Sejamos hoje melhores do que ontem.
§  Não nos detenhamos na impossibilidade de oferecer prodígios de grandeza de um instante para outro, mas não busquemos interromper a empreitada de redenção e de amor a que nos empenhamos. Nunca desconsiderar a ninguém.
§  Observar que os outros, perante Deus, são portadores de mensagem determinada, qual sucede a nós mesmos.
§  Se caímos pelo fascínio da ilusão, é imperioso reerguer-nos, voluntariamente, tão depressa quanto se nos faça possível, com os valores da experiência.
§  Saber que tentação é sinônimo de passado.
§  “Aqui” e “agora” são posições de espaço e tempo em que a Divina Providência nos permite plantar e replantar o futuro e o destino.
§  Ante a dificuldade — servir.
§  Diante da incompreensão — servir mais.
§  Do trabalho nasce a luz para o caminho.
§  Da caridade surge a solução essencial para todos os problemas.
§  Oração e atividade.
§  Crer e construir.
        Entender que nos achamos convidados pelo Cristo de Deus, através de Allan Kardec, para compreender auxiliando e renovar amando e iluminando, instruindo e abençoando na edificação do Mundo Novo.
§  Somos livres por dentro de nós, na escolha de decisões e diretrizes;
§  servos da disciplina, no campo exterior de nossas realizações, sustentando a segurança que devemos à harmonia do próximo;
§  lidadores do bem comum, através de obrigações formadas em estruturas diversas para cada um de nós;
§  e cultivadores da Verdade sob o compromisso de melhorar-nos em serviço constante.
        E acima de tudo, unidos sempre.
        Assim venceremos.

Fontes:

Livro: "Mediunidade e Sintonia", de Emmanuel, por psicografia de Chico Xavier;



Romeu Leonilo Wagner, Belém, Pará.
Leia mais

Richard Simonetti escreve sobre a tragédia na Brasilândia



O escritor e orador espírita Richard Simonetti aborda a tragédia na Brasilândia no texto abaixo.
“Chocou a opinião pública o episódio na Brasilândia, São Paulo, em que supostamente um adolescente matou quatro familiares e matou-se, algo inconcebível, principalmente por partir de alguém que aparentemente não tinha problemas psicológicos, nem carência afetiva. Era, inclusive, o centro das atenções dos pais, em face de enfermidade congênita.
Admitindo que tenha ocorrido a ação do menino, algo que parece confirmado pelas evidências e que se constitui em apenas mais um episódio dentre semelhantes que se sucedem na atualidade, especulações são feitas, na tentativa de uma explicação.
Nas lides religiosas fala-se da influência do demônio, empenhado em chocar a população para impor seu reinado de horrores.
No meio espírita as teses são mais sofisticadas, avançando nos domínios dos resgates cármicos e na ação de Espíritos que cobram por ofensas desta ou doutras existências.
Das fantasias teológicas às teses propostas pela Doutrina Espírita, das informações especulativas à investigação policial, há uma profusão de possibilidades.
Parece-me, todavia, leitor amigo, que o buraco é mais embaixo, considerando-se que tragédias dessa natureza são meros sintomas de uma humanidade enferma que, digamos, perdeu o rumo de Deus.
Não obstante serem raros os materialistas, diríamos que nossa sociedade é espiritualista apenas nas ideias. Poucos vivem com a consciência da presença de Deus e de que um dia retornaremos à pátria espiritual, onde seremos cobrados pelo mal que fizemos e também pelo bem que deixamos de fazer.
Quando as pessoas fazem ouvidos moucos a essas informações transmitidas pelas religiões, perdem o freio da consciência e tudo passa a ser permitido. E haja imaginação para justificar tantos desvios de comportamento, tantos vícios e paixões, tanta preocupação com o imediatismo terrestre.
Isso tudo resulta num ambiente psíquico conturbado, tão escuro e denso que os mentores espirituais situam a Terra como o planeta das faixas escuras.
***
O que acontece, amigo leitor, quando o céu é tomado por densas nuvens e faz-se noite em pleno dia?
Todos sabemos: vai desabar a chuva torrencial, haverá raios destruidores, ventania furiosa, a promover estragos.
É exatamente o que acontece em nosso planeta. A atmosfera psíquica pesada, densa, sustentada pelo comportamento imediatista da população, favorece a ocorrência de crimes, suicídios, acidentes, assassinatos, vícios, abortos, em ocorrências que chocam a opinião pública.
Reclamam-se providências do governo, que deve mobilizar recursos para conter a criminalidade, melhorar as condições de vida, sanear as finanças, educar o povo, aprimorar o nível de comportamento das pessoas.
Tudo é bom e desejável, mas não nos iludamos. Enquanto a atmosfera psíquica das cidades for densa, sustentada pelo comportamento imediatista, continuaremos a ver a dança das tragédias, dos crimes, dos problemas, mais numerosos à medida que cresce a população, mais explorados à medida que são aperfeiçoados os meios de comunicação.
***
Fala-se muito na atualidade sobre ecologia, uma harmonização do homem com a natureza.
Diríamos que precisamos, sobretudo, de uma ecologia espiritual, nossa harmonização com Deus, considerando que estamos na Terra com o objetivo específico de evoluir, superando nossas imperfeições e mazelas, buscando, como ensinava Jesus, aquele tesouro que as traças e a ferrugem não corroem, nem os ladrões roubam, formada por valores morais e espirituais.
Agindo assim e influenciando os que nos rodeiam com a força do exemplo, contribuiremos para limpar a atmosfera psíquica de nosso planeta, para que tragédias como a da Brasilândia tornem-se cada vez menos frequentes, da mesma forma que tempestades não desabam quando não há nuvens no céu.”

Leia mais

Chico e a Depressão


Leia mais

"OS ANJOS DA GUARDA EM NOSSA VIDA"





                        "OS ESPÍRITOS PROTETORES NOS AJUDAM COM OS SEUS 
                                         CONSELHOS, ATRAVÉS DA VOZ DA CONSCIÊNCIA, QUE
                                              FAZEM FALAR EM NOSSO ÍNTIMO, MAS COMO NEM
                                                    SEMPRE  LHE   DAMOS  A  NECESSÁRIA
                                                           IMPORTÂNCIA, OFERECEM-NOS
                                                                  OUTROS MAIS DIRETOS,
                                                                       SERVINDO-SE DAS
                                                                           PESSOAS  QUE
                                                                                 CERCAM"
                                                                        ALLAN KARDEC.


Atualmente em busca pela espiritualidade, muito tem se falado sobre os anjos da guarda. Mas a crença nos seres angelicais vem desde os primórdios, é na idade média a presença dos espíritos de luz, ficaram retratadas nos afrescos remanescentistas. A  bíblia relata várias passagens sobre os anjos, mas em nenhum momento especifica a presença de um em especial o protetor, e este é um dos motivos de alguns credos cristãos desconfiarem da legitimidade da Anjo Guardião.
                         Mas os anjos também são aceitos em outras religiões e culturas. Desde a época dos faraós do Egito, antes de Cristo, podemos encontrar a imagem angelical nas tumbas e na mitologia grega essa figura também foi presente na visão Espírita, os anjos da guarda, mentores (as) ou guias espirituais, são espíritos superiores ou seja, mais evoluídos que os seus tutelados,que se unem aos indivíduos para cumprimento de sua missão divina  e ajudam na ascensão do Espírito.
                         O dicionário Aurélio nos diz, que o Anjo da Guarda, é um Espirito Celeste que se crê velar sobre cada pessoa, afastando-a do mal e inclinando-a para o bem. Segundo o Livro dos Espíritos, em resposta a questão de nº 491, a missão do Espírito Protetor é  ". A de um pai em relação aos seus filhos". Conduzir o seu protegido, pelo bom caminho, ajudá-lo com seus conselhos, consolá-los em suas aflições e manter sua coragem nas provações da vida.
                         Para o Espiritismo os anjos não foram concebidos puros, uma vez que Deus oferece oportunidades iguais aos seus rebentos. Sendo assim a única forma de purificação, é por meios da Reencarnação. O Livro dos Espíritos nos deixa claro em resposta a questão de nº 115, que Deus criou todos os Espíritos simples  e ignorantes isto é, sem conhecimento. A cada um deu uma missão, com a finalidade de iluminá-los de conduzi-los progressivamente a perfeição, pelo conhecimento da verdade, para aproximá-los a ele .
                        A proteção do guia poderá durar até a morte carnal da criatura, mas também acompanhá-lo no mundo espiritual. Muitas dúvidas surgem a respeito da simbólica figura do anjo, porém uma coisa é certa, eles estão presentes no nosso dia para nos proteger e nos aconselhar. E já é sabido que os Espíritos exercem grande influencia na nossa vida e que cada um atrai para si aqueles de acordo com as suas energias e afinidades. Só existem um equívoco que muitos dizem, acreditando que os Espíritos familiares e simpáticos que nos acompanham são nossos anjos guardiões.
                       Na verdade eles podem ser considerados nossos protetores secundários, que com a autorização do benfeitor espiritual, nos auxiliam e muitas vezes nos amparam nos ajudando nos momentos difíceis. Nem sempre percebemos a presença do ser de luz, porque ele age de forma sutil sem estardalhaços, e cabe a nós ouvirmos a sua voz, que muitas vezes parece a manifestação da nossa própria consciência e pode surgir como alertas premonitórios em sonhos ou visões. Algumas pessoas mediante problemas ou desvios de condutas, com resultados desastrosos, culpam a Deus e aos anjos, acreditando que eles se afastaram. Mas a verdade é que nenhum deles pode se responsabilizar pelos nossos atos, ( livre arbítrio)
                      Os seres de luz nunca se afastam, o que acontece é que o próprio ser humano, não tem sintonia para captar as idéias e conselhos dos bons gênios e da  espiritualidade em geral. E com a lei do Livre Arbítrio, somos responsáveis por nossas escolhas. Um outro caso que causa muita curiosidade e estranheza, é que algumas pessoas conseguem ver o anjo protetor ou mentor espiritual e outras não. Em geral quem os vê são os médiuns.  Mas vê-los ou saber seus nomes, não faz nenhuma diferença. E não devemos esperar uma criatura alada, com vestes brancas auréolas cintilantes e de asas esvoaçantes.
                      Estereótipos e crendices à parte, devemos focar as nossas atitudes cotidianas, agindo de forma leal e correta para que possamos ouvir e sentir a presença do nosso anjo. Nem um sentimento ou ação, pode ficar oculta aos olhos de Deus e também de nosso protetor. Sejamos humildes para pedir ajuda e agradecer sempre que necessário, aproveitando os seres de luz que nos ajudam, na nossa caminhada, rumo a nossa evolução espiritual. Acredite, confie no seu anjo protetor, anjo da guarda, mentor (a), guia espiritual. Vale a pena, lhe desejo que tenha então acompanhamento e proteção, mas você precisa buscar, querer sempre ir a luta que vai merecer tudo isso e mais. 

Forte abraço de luz em seu coração do irmão...

 Jesus Carlos.



Leia mais

VOTE AQUI

Doutrina Espírita para Principiantes

Loading...
Loading...

Postagens Populares

Isto não é Espiritismo - Frases, Fotos e Luzes

Minha lista de blogs

POST POR ASSUNTOS

a (1) ABORTO (9) ADULTÉRIO (1) ALCOOLISMO (1) Allan Kardec (11) ALMA (2) ANENCEFALIA (5) ANIMAIS (4) ANIMISMO (5) ANJOS (2) ANOREXIA (1) ANSIEDADE (1) APARIÇÕES (4) Artigo (524) AS DORES DA ALMA (12) AS DORES DA ALMA;ORGULHO (1) ÁUDIO E VIDEO (2) BIOGRAFIA (12) BULLYING (2) CALUNIA (4) CÂNCER (1) CARÊNCIA (1) CARIDADE (14) CARNAVAL (4) CASAMENTO (6) CASOS (5) CATARINA DE SIENA (1) CENTRO ESPIRITA (3) CHACRA (1) CHICO XAVIER (243) CIRURGIAS ESPIRITUAIS (6) CIUMES (2) CLONAGEM (1) CONVIVER E MELHORAR (7) CREMAÇÃO (1) CRIANÇA INDIGOS (8) CRIANÇAS (8) CULPA (1) DEPRESSÃO (16) DIALOGO COM AS SOMBRAS (28) DIVALDO FRANCO (145) DIVORCIO (2) DOAÇÃO DE ORGÃOS (1) DOENÇAS (8) DORA INCONTRI (12) DOWNLOAD (5) DUENDES (1) EMMANUEL (67) ENTREVISTA (25) EQM (4) ESPIRITISMO (5) ESPIRITO (26) EUTANÁSIA (4) EVENTO (121) EXILADOS DE CAPELA (2) FAMILIA (26) FANATISMO (3) (2) FEIRA DO LIVRO ESPIRITA (11) FELICIDADE (5) FILHO ADOTIVO (6) FILHOS (22) FILME (36) FINADOS (4) FLUIDO (2) FOTOS (17) GUERRA (2) HOMOSSEXUALIDADE (20) HUMOR (4) INVEJA (2) Joana de Ângelis (100) JORGE HESSEN (24) JORGE HESSEN art (3) LIVRE ARBITRIO (4) LIVRO (57) LIVRO DOS ESPIRITOS (2) LUTO (2) MÃE (3) MÁGOA (5) MALEDICÊNCIA (2) MARILYN MONROE (1) MEDIUM (67) MEDIUNIDADE (83) MELANCOLIA (1) MELINDRE (4) MENSAGEM (375) MESA GIRANTE (2) MÔNICA DE CASTRO (8) MORTE (60) MOURA FÉ (63) MUSICA (6) NILZA AZEVEDO (10) NOTICIAS (236) OBSESSÂO (20) ORGULHO (3) PASCOA (2) PÁSCOA (3) PASSE (9) PEDOFILIA (2) PERDÃO (15) PERISPIRITO (6) PERSONAGEM DA BOA NOVA (6) PINTURA MEDIUNICA (4) POESIA (10) PRECONCEITO (22) PROVAS (13) PSICOGRAFIA (4) QUALIDADE NA PRATICA MEDIUNICA (10) RECOMEÇAR (2) REENCARNAÇÃO (37) REFLEXÃO (104) RELACIONAMENTO (35) RELIGIÃO (1) RENOVANDO ATITUDES (31) S (1) SEMESPI (17) SEXO (14) Síndrome de Down (1) Síndrome do Pânico (1) SOLIDÃO (2) SONAMBULISMO (4) SUICIDIO (11) TATUAGEM (1) TOLERANCIA (3) TÓXICOS (5) TRAGÉDIA (5) TRANSTORNO BIPOLAR (1) TRISTEZA (1) VAIDADE (2) VAMPIRISMO (5) VIAGEM ASTRAL / DESDOBRAMENTO (1) VIDEO (28) VINHA DE LUZ (3) VIOLENCIA (2) ZIBIA GASPARETTO (7)

Visitas Recentes