Pesquisar Assuntos Neste Blog

2 de nov de 2011

Refletindo Sobre a Morte e o Viver




Aproveito o “dia de finados” para refletir sobre a Vida!
 
A expressão “finados” se refere ao fim, mas seria o desenlace do corpo realmente o final de nossa jornada?
 
Estamos no século XXI e o fenômeno da morte ainda é olhado pela grande maioria à luz do fundamentalismo antigo, envolvendo céu e inferno literais, marcados pela eternidade no paraíso ou pela ameaça do sofrimento eterno.
 
Por outro lado, nosso modelo de ciência, com as raras exceções aqui apresentadas, também percebe o fenômeno como algo indigno de investigação e assim se perpetuam crendices, preconceitos e superstições que escravizam.
 
É importante que aproveitemos o dia de hoje para percebermos a morte como fenômeno natural, oportunidade evolutiva e superação da existência tridimensional limitada.
 
Dedico este texto especialmente aos companheiros que já partiram!
 
 

Saudade de Quem Partiu
 
Particularmente sinto saudades de muitos amigos e parentes que passaram para o outro lado. Mas o fato de reconhecer a infinitude da vida me faz saber que esta separação é temporária, é como se aqueles a quem tanto amo tivessem partido para uma viagem educativa. Isto é um grande alívio, um grande consolo. A saudade é perfeitamente natural, mas não deve ser acompanhada de nenhuma revolta. Certamente um dia perceberemos que a verdadeira morte é a limitação corpórea que experienciamos no breve período em que passamos pela terra.
 
É importante observar que quando nascemos todos riem e festejam enquanto choramos e que, ao nos despedirmos do corpo, enquanto todos choram, provavelmente riremos pela percepção da oportunidade de prosseguir.
 
Ir ao cemitério e colocar flores nos túmulos até pode ser um ritual de passagem de nossa cultura, mas é certo que o ente que amamos e desejamos homenagear não é aquele resto mortal, mas a essência que transcende a forma e os fenômenos físicos.
 
É na medida que pesquisamos a morte, seja na religião profunda ou na ciência abrangente, que nos tornamos livres do temor e do medo comuns em nosso meio.
 
Chegará o dia em que necessitaremos nos separar de filhos, pais, amigos, bens materiais e apegos de toda sorte. Se não estivermos preparados interiormente, não apenas sofreremos, mas faremos sofrer os que, como nós, não tiverem o necessário esclarecimento.
 
Experiência de Quase Morte – EQM – no Globo Repórter
 
Fiquei impressionado com o conteúdo do Globo Repórter  apresentado em 16 de setembro de 2011, tratando sobre a experiência post morten e a EQM, experiência de quase morte. 
 
Interessante que todas as experiências mostradas nesse programa são conduzidas por cientistas pesquisadores de mente aberta e não por religiosos. Se dependesse dos religiosos de "verdades prontas" e calcados no "está escrito", jamais investigaríamos certos fenômenos e ainda acreditaríamos que a terra é quadrada.
 
Não é falta de humildade crer, por exemplo, na infalibilidade da bíblia ou demais escrituras sagradas, mas, no olhar deste escritor, é incompatível com o espírito de humildade acreditar na infalibilidade de nossa interpretação.
 
Muitas são as pessoas que, ao falarem sobre a morte e o morrer, expressam o seguinte: "Ninguém jamais voltou (da morte) para contar alguma coisa..." Será?
 
Vida Depois da Vida
 
Em sua obra "Vida Depois da Vida" o Dr. Raymond Moody, especialista em ressuscitação mecânica, mostra exatamente aquilo que o Globo Repórter apresentou. As experiências de quase morte são praticamente unânimes entre os pacientes do Dr. Moody e também coincidem com os textos autênticos das grandes religiões, seja o cristianismo primitivo, o budismo, o taoísmo ou várias outras. 
 
O pensador Roso de Luna, em sua obra "O Livro que Mata a Morte", resgata a realidade da infinitude da existência e mostra, nas literaturas sagradas, entre elas a surrada e deturpada bíblia, os textos modificados onde a reencarnação, fenômeno universal e evolutivo, foi substituído pelo conceito de ressurreição, algo mais mecânico e imediatista. Aliás, durante o período trevoso, os séculos de dor anos da chamada "santa inquisição”, toda movimentação tenebrosa visava confirmar as teses materialistas que, naquele momento histórico, já eram questionadas.
 
A inquisição queimou milhões de pessoas em nome da fé e nos dias atuais, apenas por força da lei, não utiliza mais o fogo, mas a perseguição baseada no literalismo ignorante.
 
Da Morte para a Vida
 
Leon DenizardPietro UbaldiHelena BlavatskyAnna Kingsford e tantos outros grandes pensadores, também acusados de bruxos e satânicos pela inquisição moderna, trouxeram à tona uma transparência tal que a democracia interreligiosa se fez possível. Ficou claro que não há religião mais elevada que a verdade e que há, entre os ensinamentos religiosos-filosóficos de todas as épocas, informações absolutamente comuns, basicamente a lei da evolução infinita da consciência, a lei de ação e reação também conhecida como carma e a lei da reencarnação que possibilita o crescimento infinito da alma em direção a Deus.
 
No que tange ao pesquisador  Allan Kardec, que desejava muito mais criar um sistema de pesquisa científica do que uma nova religião, a partir de sua longa e detalhada investigação, a morte, que era antes ameaçadora e traiçoeira, passa a ser vista como uma viagem temporária, um intercâmbio cultural educativo. Se além da experiência metafísica com os chamados espíritos, Kardec também tivesse conhecido o aspecto científico e comprobatório dos evangelhos apócrifos, gnósticos e essênios encontrados em Qram e Nag Hamadi, no Egito, certamente teria avançado muito mais em sua contribuição ao mundo ocidental.
 
O Conforto das Mães
 
Olhando para os séculos XX e XXI aqui no Brasil, conheceremos o homem que mais vendeu livros na história deste país. Francisco Cândido Xavier superou todos os outros autores, inclusive Paulo Coelho eAugusto Cury, com o diferencial de jamais retirar um só centavo da venda desses milhares de exemplares. Chico Xavier, como o chamavam carinhosamente, psicografou, sem conhecer línguas estrangeiras, dezenas de escritores, pensadores e poetas, brasileiros e estrangeiros, com originalidade absoluta. Ele confortou milhares de mães que descobriram que os filhos que as deixaram estavam vivos, mas em outro plano dimensional. Conforme narra o jornalista Marcel Souto Maior, um pesquisador independente e não espírita, até juízes utilizaram as psicografias de Chico para absolver supostos matadores.
 
            Reencarnação e Ciência
 
Fato é que, retornando ao campo da ciência, segundo vários documentários acessíveis, por exemplo, no Discovery Channel, a partir da investigação de muitos cientistas contemporâneos, a reencarnação tem magníficas e irrecusáveis evidências.
 
            Investigar este possível fenômeno à luz da boa ciência, é algo mais que urgente para o mundo moderno. É preciso deletar de nosso meio sistemas de crenças limitados, que transformam os setenta ou cem anos de vida material na vida como um todo e que transformam este ponto no universo, chamado terra, no único planeta habitado.   
 
            Ampliar os horizontes quanto a vida e a morte é optar por uma existência responsável e a serviço dos que sofrem.
 
Fé e Razão
 
Chega o momento de resgatarmos a fé e a razão magnas propostas pelo saudoso Papa João Paulo II que, na última encíclica papal do século XXI, intitulada Fides et Ratio,  defendeu exatamente a não divisão entre religião e ciência, entre física e metafísica.
 
Amigos, este texto é analítico e não busca defender nenhuma tese religiosa específica, senão a ética do paradigma espiritual básico que, como disse no início, permeia o conteúdo da ciência magna e das originais religiões, inclusive nosso cristianismo.
 
A verdade não tem nome, é uma terra fértil onde o amor é o caminho. A verdade é ser feliz, espiritualmente feliz. Ser feliz é servir a Deus, tenha Ele o nome que tiver, servindo ao próximo.
 
Que o dia de hoje nos ajude a renascer para a sensibilidade interior e para a sabedoria universal.
 
 
 
Alexandre Pimentel
Escritor, Palestrante e Educador Populaer  
www.alexandrepimentel.com.br
Fixo: 61 3964.4546 / Oi: 61 9228.9449 Oi: 61 8633.3969
Claro: 9132.5674 / Tim: 61 8251.8083 / Vivo: 61 9519.911




A marca de sua ignorância é a profundidade da sua crença na injustiça e na tragédia. O que a lagarta chama de fim de mundo, o mestre chama de borboleta.(Richard Bach)
 

 
Por Alexandre Pimentel
Brasília, 2 de novembro de 2011.



0 comentários:

Postar um comentário

VOTE AQUI

Doutrina Espírita para Principiantes

Loading...
Loading...

Postagens Populares

Isto não é Espiritismo - Frases, Fotos e Luzes

Minha lista de blogs

POST POR ASSUNTOS

a (1) ABORTO (9) ADULTÉRIO (1) ALCOOLISMO (1) Allan Kardec (11) ALMA (2) ANENCEFALIA (5) ANIMAIS (4) ANIMISMO (5) ANJOS (2) ANOREXIA (1) ANSIEDADE (1) APARIÇÕES (4) Artigo (524) AS DORES DA ALMA (12) AS DORES DA ALMA;ORGULHO (1) ÁUDIO E VIDEO (2) BIOGRAFIA (12) BULLYING (2) CALUNIA (4) CÂNCER (1) CARÊNCIA (1) CARIDADE (14) CARNAVAL (4) CASAMENTO (6) CASOS (5) CATARINA DE SIENA (1) CENTRO ESPIRITA (3) CHACRA (1) CHICO XAVIER (243) CIRURGIAS ESPIRITUAIS (6) CIUMES (2) CLONAGEM (1) CONVIVER E MELHORAR (7) CREMAÇÃO (1) CRIANÇA INDIGOS (8) CRIANÇAS (8) CULPA (1) DEPRESSÃO (16) DIALOGO COM AS SOMBRAS (28) DIVALDO FRANCO (145) DIVORCIO (2) DOAÇÃO DE ORGÃOS (1) DOENÇAS (8) DORA INCONTRI (12) DOWNLOAD (5) DUENDES (1) EMMANUEL (67) ENTREVISTA (25) EQM (4) ESPIRITISMO (5) ESPIRITO (26) EUTANÁSIA (4) EVENTO (121) EXILADOS DE CAPELA (2) FAMILIA (26) FANATISMO (3) (2) FEIRA DO LIVRO ESPIRITA (11) FELICIDADE (5) FILHO ADOTIVO (6) FILHOS (22) FILME (36) FINADOS (4) FLUIDO (2) FOTOS (17) GUERRA (2) HOMOSSEXUALIDADE (20) HUMOR (4) INVEJA (2) Joana de Ângelis (100) JORGE HESSEN (24) JORGE HESSEN art (3) LIVRE ARBITRIO (4) LIVRO (57) LIVRO DOS ESPIRITOS (2) LUTO (2) MÃE (3) MÁGOA (5) MALEDICÊNCIA (2) MARILYN MONROE (1) MEDIUM (67) MEDIUNIDADE (83) MELANCOLIA (1) MELINDRE (4) MENSAGEM (375) MESA GIRANTE (2) MÔNICA DE CASTRO (8) MORTE (60) MOURA FÉ (63) MUSICA (6) NILZA AZEVEDO (10) NOTICIAS (236) OBSESSÂO (20) ORGULHO (3) PASCOA (2) PÁSCOA (3) PASSE (9) PEDOFILIA (2) PERDÃO (15) PERISPIRITO (6) PERSONAGEM DA BOA NOVA (6) PINTURA MEDIUNICA (4) POESIA (10) PRECONCEITO (22) PROVAS (13) PSICOGRAFIA (4) QUALIDADE NA PRATICA MEDIUNICA (10) RECOMEÇAR (2) REENCARNAÇÃO (37) REFLEXÃO (104) RELACIONAMENTO (35) RELIGIÃO (1) RENOVANDO ATITUDES (31) S (1) SEMESPI (17) SEXO (14) Síndrome de Down (1) Síndrome do Pânico (1) SOLIDÃO (2) SONAMBULISMO (4) SUICIDIO (11) TATUAGEM (1) TOLERANCIA (3) TÓXICOS (5) TRAGÉDIA (5) TRANSTORNO BIPOLAR (1) TRISTEZA (1) VAIDADE (2) VAMPIRISMO (5) VIAGEM ASTRAL / DESDOBRAMENTO (1) VIDEO (28) VINHA DE LUZ (3) VIOLENCIA (2) ZIBIA GASPARETTO (7)

Visitas Recentes